quarta-feira, 26 de novembro de 2008

Iniciando o mais novo projeto que ninguém vai ver ;-)


Com 4 anos , minha mãe me mandou para a Escola de Como Fazer Amigos , e eu fui bom aluno , fiz vários amigos de infância e com eles vivi os tempos em que o mundo e sempre como nós sonhamos que ele é . Com 7 anos , entrei para a Escola de Ser Bom Aluno , e assim aprendi a ser um bom aluno , dentre os melhores , até a quinta-séria . Aos 10 anos , me botaram na Escola do Amor de Infância , e fiquei apaixonado por uma garota linda e eu fazia de tudo pra chamar atenção dela . Nessa época a melhor coisa que eu fazia era jogar bola , porque papai insistiu com a mamãe pra me botar na Escola de Jogar Futebol de rua , mas isso não funcionava muito . Então eu descobri que quando eu fazia ela rir ela me dava anteção , então entrei por conta própria na Escola de Ser Palhaço , onde eu ainda estudo por correspondência .
Aos 12 anos , me enfiaram na marra na Escola de Mudar para sempre , e lá vou eu perder todos meus amigos de infância e meu amor de infância , e me mudar prá Manaus . Em Manaus não achei nenhuma Escola de Acostumar com Mudanças , e me lasquei por um tempo . Fiquei intorvertido , sem amigos , sem me aproximar de ninguém por um bom tempo . Até que eu estava andando por aí , e encontrei uma Escola de Mudar a Si Mesmo . 
Com os seguintes cursos :
- Como ser mais cara de pau
- Como levar a vida menos a sério
- Curso intensivo para fazer piadas e pensar merda na velocidade da luz

Assim eu fiquei diferente . Era mais aceito pelas pessoas . Era mais aceito por mim mesmo , voltei a ser comunicativo e popular no colégio . 
As novas pessoas que andavam comigo , me convidaram para entrar com elas na Escola dos Amigos de Raiz , e nessa escola aprendi quem seriam meus eternos aliados .

Depois , me matriculei em três escolas , que juntas deram uma mistura explosiva .
Escola de Rebeldia , Escola de Criar Ideais , Escola de Não ter medo de autoridades .
Na Escola de Criar Ideais conheci meu mestre , o melhor professor que já tive , que me ensinou a ser a base do que sou hoje .
As outras escolas não me deixavam ter medo de professores , coordenadores e demais figuras do colégio . 
Nessa época fiz tanta merda quanto minha mente foi capaz de imaginar . Desafiei quem eu queria desafiar , provocava o coordenador , fiz um site tirando onda com o colégio ( Colégio La Sallus - sessão da antiga Rato HP ) , eles viram e ameaçaram processar meu pai , meu nome era citado em todo conselho de Classe , a pseudo psicóloga do colégio dizia que eu tinha dupla personalidade , entrei pra uma chapa de Grêmio só pra andar de sala em sala e poder criticar o colégio , e outra chapa que ganhou e eu participei com eles no ano da minha formatura .
O Conselho Geral recomendou a minha expulsão do colégio por três vezes , em duas meu professor , esse meu mestre , me segurou lá , na outra foi meu outro herói , meu pai . A partir do segundo ano me jogavam de sala em sala , quando eu entrava e me aproximava de um grupo , eles achavam que eu era líder de um gurpo de bagunça , e me mandaram pra turma com a maior concentração de nerds do colégio , para que lá eu naum tivesse nenhum cúmplice .
Eu tinha . A bagunça era menor , mas era bagunça .
A professora de natação gritou comigo , eu mandei ela ir a merda , e eu peguei 3 dias de suspensão . Toda semana de recuperação era de lei . De dependências , eu fiz três . Reprovei o segundo ano do ensino médio .

Até que por fim entrei na Escola de Sair da Escola , e consegui me formar .
Não achei a avenida que ficava a Escola de Escolha Profissional , e isso me custou mais um ano , fazendo 6 meses de Ciência da Computação na UNIP , mas valeu uma experiência de trabalho de outros 6 meses na ITAM . 
Com dois anos de atraso , entrei na UNIP prá fazer Psicologia .

Ainda cursei na Escola de Adquirir Auto-Controle , na Escola de Diplomacia ,
na Escola de Construir Sonhos Incomuns , na Escola pra Tentar ser Menos Idiota , mas essa última tinha professores muito ruins , e não aprendi muita coisa .

Hoje estou cursando Escola de Conhecer Pessoas Maravilhosas , onde sou aluno exemplar , e a Escola de Assumir o Controle da minha própria vida . Nessa última eu ainda sou calouro . Mas eu vou me formar .


De todas as escolas , a vida é a maior de todas . Ela ainda vale a pena .

;-)

Repostando texto antigo, disponível originalmente em :

http://www.fotolog.com/humanchaos/9261799   de 2006.

Um comentário:

Nívia Cristiny disse...

André uma pessoa realmente maravilhosa, não tem quem não se apaixone por ele.
Inteligente, autentico, até quando dá um de rebelde é lindo, rsrsrs...
Você realmente é uma pessoa muito especial... Podemos dizer que realmente vc aproveitou bem sua infância e adolescência.
Muito bonitas todas as escolas por onde vc passou, belas recordações, sem contar que tem apenas 25 anos e com certeza ainda passará por muitas escolas.
Adoro vc mocinho e desejo tudo de maravilhoso para você. Bjs. Nívia.